25 de Abril

Contaram-me que no tempo da ditadura um jovem revolucionário foi apanhado pela infame polícia do regime – a PIDE, a escrever: MORTE A SALAZAR NÃO FAZ FALTA À NAÇÃO.

Delito que valeu voz de prisão. O rapaz respondeu que poderia até ir preso, mas que queria terminar a frase. A PIDE avisou que ainda se poderia incriminar mais, mas ele avançou. O resultado após colocar a pontuação foi:

MORTE A SALAZAR? NÃO, FAZ FALTA À NAÇÃO!

Mostrando que afinal era um simpatizante do regime e sendo naturalmente libertado.

Atualmente vivemos em Liberdade e escrever bem continua a ser essencial para inspirar e motivar os leitores a tomar uma atitude em relação à mensagem e conteúdos que pretendemos partilhar. Em tecnologia chamamos de Copywriters, Webwriters e UXwriters aos profissionais encarregues dessa tarefa cada vez mais desafiante!